quarta-feira, 6 de dezembro de 2006

207 CC – Sob um tecto de emoções

Ao longo da sua história, a Peugeot ofereceu sempre aos seus clientes o prazer de uma abertura para o sol ou para as estrelas. Assim, na série dos “2”, os 201, 202, 203, 204, 205 souberam oferecer aos aficionados pelo ar puro uma versão descapotável em lona.

Pioneira, já nos anos 30, a Peugeot permitiu, nessa altura, a alguns privilegiados desfrutar de um prazer inédito com o conceito de coupécabriolet 401, 601 e 402 “Eclipse”, cujo princípio inovador ficaria gravado nos genes da Marca.
No final de 2000, o 206 CC concretizou fielmente a promessa do conceptcar 20©, de 1998, oferecendo aos seus proprietários um duplo prazer automóvel a um preço acessível:
- um cabriolet 100% cabriolet, verdadeira arte de viver em osmose com o ambiente
- um coupé 100% coupé, consagrando o dinamismo e o conforto…oferecendo, ao mesmo tempo, ao cabriolet um tecto rígido apto a preservar a sua integridade ao longo das estações.
Esta proeza técnica, industrial e económica fez literalmente explodir o mercado dos “automóveis prazer”, do qual os coupés-cabriolets são uma componente em plena expansão – o mercado europeu dos coupéscabriolets cresceu 900% entre 2000 e 2005, aproximando-se das 150.000 unidades.
A Peugeot multiplicou as suas vantagens e afirmou-se como o primeiro fabricante destas silhuetas com uma dupla oferta, ao totalizar actualmente mais de 500.000 exemplares:

- o 206 CC, com a sua arquitectura 2+2, anima o “segmento B” desde 2000. Com mais de 360.000 unidades produzidas, o 206 CC é o coupé cabriolet mais vendido no mundo.
- no “segmento M1”, o elegante 307 CC oferece quatro verdadeiros lugares e já seduziu, desde o seu lançamento em 2003, 150.000 proprietários.

207 CC – a especialização ao serviço de uma personalidade muito vincada…

Se o 207 CC se integra na perfeição nos valores da Peugeot e partilha os seus aspectos essenciais com a berlina 207, ao mesmo tempo combina com uma certa insolência qualidades raramente encontradas nos coupés cabriolets
a este nível de gama, autenticando um “savoir-faire” que faz realmente a diferença:

- um estilo equilibrado e distinto;
- prestações de alto nível em termos de segurança passiva, rigidez e conforto;
- um carácter dinâmico, a condizer com um comportamento em estrada eficaz.

… e outras tantas promessas de prazer a desfrutar…

sexta-feira, 17 de novembro de 2006

Sensações apuradas com o 207 GT 1.6 de 150 cv

A Peugeot acaba de lançar no mercado nacional o 207 GT, de estilo desportivo exclusivo, animado pelo novo motor a gasolina 1.6 THP (*) que, do alto dos seus 150 cv, oferece performances de primeira ordem.
A versão animada por este motor de nova geração vai posicionar-se no topo de gama do 207 e está disponível por 25.295 €.
Desde o seu lançamento, em Abril de 2006, o 207 já conquistou em Portugal mais de 3.500 clientes e ascendeu ao segundo lugar do segmento B. Mês após mês, o 207 tem vindo a aumentar a sua penetração no mercado e, inclusivamente, em Outubro já foi o Utilitário mais vendido no nosso país.

O estilo felino e dinâmico, a grande riqueza de equipamentos, as ligações ao solo resultantes de conhecimentos reconhecidos, um conteúdo de segurança sólido… e uma vasta gama, capaz de responder às expectativas dos mais diversos clientes, são os factores chave do seu sucesso.

Agora, o 207 recebe esta nova motorização a gasolina, fruto da parceria entre a PSA Peugeot Citroën e o Grupo BMW, que inaugura uma nova família de motorizações a gasolina turbo com injecção directa de alta pressão, sob a designação de THP (*Turbo High Pressure).

Este motor de nova geração está dotado de tecnologias topo de gama, que lhe permitem oferecer performances e uma agilidade de primeira ordem, numa gama de utilização muito alargada. A somar às suas prestações dinâmicas dignas de registo, a nova motorização do 207 consegue consumos e emissões de CO2 muito favoráveis.

Em Portugal, o 1.6 THP 16v 150 cv equipa exclusivamente o nível GT e está disponível, para já, na versão de 3 portas.


O novo motor 1.6 THP 16V de 150 CV

Este motor EP6DT é um 4 cilindros de 1.598 cm3 com uma potência máxima de 150 cv (110 kW) a 5.800 rpm. É equipado com uma cabeça de dezasseis válvulas e com duas árvores de cames à cabeça.

A escolha técnica de um quatro cilindros 1.6 impôs-se pelo facto de os pequenos motores turbo comprimidos, dotados de uma potência específica elevada, oferecerem uma vantagem significativa em termos de consumo por comparação com os motores atmosféricos convencionais de cilindrada mais elevada. Esta estratégia de downsizing é, aliás, comparável à que tem lugar no domínio dos diesel HDi da Marca.

Neste motor, o cuidado dispensado ao desenvolvimento do binário e ao tempo de resposta permite atingir 156 Nm a partir de 1.000 rpm. O binário máximo de 240 Nm é atingido apenas a 1.400 rpm, valor que permanece inalterado até às 3.500 rpm. Além disso, fica disponível uma vasta gama de utilização, já que a 5.000 rpm o binário é ainda de 208 Nm.

sexta-feira, 27 de outubro de 2006

Renault Espace: Uma referência sempre renovada

Tem sido assim ao longo de duas décadas. A história de sucesso do Espace passa por uma constante renovação, ao encontro da mais recente tecnologia e das melhores soluções de segurança, conforto e modularidade. Assim, a Renault acaba de actualizar a gama Espace com novas motorizações e uma redução do número de versões disponíveis, de forma a simplificar a escolha dos clientes. Os níveis Confort e SE Travel passam a contar com o novo motor 2.0 dci 130 cv, que conjuga economia e performance a que se junta um preço mais acessível ao melhor nível do mercado.
O equipamento aparece também reforçado. Destaque para Série Especial Travel, criada para quem tem o gosto pelas viagens, que já inclui o sistema de navegação Carminat Navegação e Comunicação e o duplo sistema de DVD portátil com ecrã TFT de 7", que aliado ao preço corresponde a uma vantagem cliente no valor de 2.970 €.

Novo motor 2.0 dci 130cvO Espace está ainda mais económico.
O novo motor 2.0dci 130cv tem por base o mesmo bloco já conhecido com 150cv e 175cv. A redução de potência permitiu ganhos na economia de combustível sem comprometer um bom nível de prestações. Assim o 2.0dci 130cv consegue no Espace um binário de 320nm às 2000 r.p.m. e uma velocidade máxima de 184 km/h. Este motor vem substuir o 1.9 dci 120cv. O motor 2.0 dci 130cv junta-se à oferta da gama Espace que inclui o 2.0 dci 175cv, 2.2 dci 140cv e 3.0 dci V6 24v 180cv, sendo estes dois últimos equipados com caixa automática Proactiva.

quinta-feira, 21 de setembro de 2006

Mais económico e ecológico: NOVO SUBARU LEGACY 2.0R BiFUEL

A Subaru apresenta hoje o seu primeiro modelo BiFuel (GPL e/ou gasolina), o Legacy 2.0R Sedan e Wagon, na nova gama da marca em Portugal, caracterizada pela possibilidade de utilização de dois diferentes tipos de combustível, mantendo integralmente o ADN Subaru, através da transmissão integral exclusiva AWD (All Wheel Drive), e do tradicional e desportivo prazer de condução.

Ao introduzir estes novos modelos a Subaru altera drasticamente as “regras do jogo” dos motores a gasolina, mantendo a garantia geral da Marca (3 anos ou 100.000 km), possibilitando uma utilização muito mais económica (até mais 50% de economia), protegendo o ambiente (menos de 96% de NOx), continuando a proporcionar o prazer de condução que é apanágio da marca.


A Subaru apresenta estes novos modelos com o apoio da Galp Energia, que se aliou a este projecto possibilitando a oferta de 1000 litros de GPL na compra de qualquer modelo Subaru BiFuel. Para já são lançados os Legacy Wagon e Legacy Sedan, ficando o modelo Forester (também de 160 CV de potência no modo GPL), para o último trimestre do ano.
SUBARU LEGACY 2.0R BIFUEL SEDAN E WAGON
As versões agora apresentadas são tecnicamente em tudo idênticas às anteriores alimentadas a gasolina. Falamos naturalmente das equipadas com o mais recente motor 2 litros “boxer” DOHC de 165 CV de potência (160 na versão GPL), um propulsor apresentado no final do ano passado, desenvolvido pela Subaru para equipar as gamas Legacy, Forester e Impreza.

Equipado com a transmissão Symmetrical All Wheel Drive, um exclusivo da Marca, acoplada a uma caixa manual de 5 velocidades, com duas relações de diferencial (altas e baixas) na Wagon e uma no Sedan, o Legacy disponibiliza também um diferencial central de Deslizamento Limitado (LSD), apresentando em condições normais uma distribuição de binário (frente/trás), de 50/50, que pode no entanto variar se se modificarem as condições de aderência do piso.

Em termos dinâmicos o Subaru Legacy BiFuel tem prestações adequadas à sua motorização bem como a uma suspensão anterior McPherson e traseira “multilink”, com duas barras estabilizadoras, molas helicoidais e amortecedores, que lhe proporciona uma correcta e fiável ligação ao solo em qualquer circunstância, ultrapassando os 200 km/h em velocidade de ponta, com acelerações convincentes para um veículo das suas dimensões.

Transportando com bastante conforto cinco passageiros e dispondo ainda de um amplo espaço para bagagens de 488 a 1691 lts, o Legacy apresenta ainda um nível de equipamento de série superior, onde avultam o ar condicionado automático, airbags frontais e laterais, encostos de cabeça activos, rádio e leitor de CD, jantes de liga leve, faróis de nevoeiro, “cruise-control”, barras de tejadilho (Wagon) e espelhos exteriores eléctricos como items mais importantes.

Os Subaru Legacy Sedan BiFuel e Subaru Legacy Wagon BiFuel, são comercializados ao preço de 32.900 euros, independentemente da versão.

segunda-feira, 9 de janeiro de 2006

Anúncios de baixos valores e suspeitas de fraude

O Standvirtual prima pela qualidade do seu serviço, procurando disponibilizar aos seus utilizadores um serviço de excelência, assente na veracidade das informações. No entanto, o Standvirtual é apenas o meio de comunicação entre vendedores e compradores, não podendo garantir que toda a informação divulgada é fidedigna.

Neste sentindo, na sequência de alguns alertas por parte dos utilizadores/comerciantes sobre anúncios fraudulentos e de viaturas de baixo valor (irreais), a equipa do Standvirtual tomou a iniciativa de travar esse tipo de abusos. Foi criada uma nova ferramenta que visa alertar os utilizadores destas situações.Nos anúncios suspeitos e de viaturas de baixo valor é colocado um aviso com dicas e sugestões para a compra de viaturas.