segunda-feira, 3 de setembro de 2007

Apresentação mundial do 308

Com uma superfície de 2.870 m2, o stand da Peugeot recebe os visitantes do 62º Salão Internacional Automóvel de Frankfurt num ambiente relaxante, feito de materiais naturais e nobres, de frescura aquática e de vegetação abundante. Acompanhando 27 veículos representativos da gama comercial da Peugeot, nada menos de cinco concept cars e demonstradores, dos quais três declinados directamente sobre a base do 308, evidenciam a criatividade das equipas do centro de estilo Peugeot e da área de «Pesquisa e Inovação».

A participação da Peugeot nesta grande festa alemã do automóvel é reforçada pela apresentação, como novidade mundial, do 308, do qual estão presentes seis exemplares de série, nas silhuetas de três e de cinco portas, acompanhados por três concept cars.

A comercialização próxima do 308 constitui, para a Peugeot, o sétimo acontecimento produto marcante do ano 2007 e confirma o rejuvenescimento importante de uma oferta comercial cuja idade média, actualmente de 4 anos, baixará, até 2008, para 3 anos.

Peugeot 308: a verdadeira natureza do prazer

Primeiro modelo da geração 8 da Peugeot, o 308 tem como ambição encarnar o melhor da berlina. Deste modo, o 308, capitalizando sobre a arquitectura do 307, vai ainda mais longe e melhora de forma significativa cada uma das qualidades reconhecidas ao seu predecessor, do qual se venderam mais de três milhões de unidades. A habitabilidade, a visibilidade, a luminosidade e as características dinâmicas são trunfos capazes de reforçar a capacidade de
atracção desta nova berlina.

O 308 apresenta um estilo generoso que sugere imediatamente qualidade, robustez, valor seguro… Esta impressão positiva é confirmada pelo conjunto 2/12 dos meios implementados na concepção e na fabricação, e pelos rigorosos planos de acção desenvolvidos para atingir esta ambição qualitativa.
De facto, o 308 dispõe de uma qualidade de acabamento digna de segmentos superiores
e irá tornar-se numa referência em termos de qualidade percebida e de qualidade de utilização.
O 308 é também revelador do envolvimento da Peugeot a favor da redução das emissões de gases com efeito de estufa. Foi, pois, com toda a naturalidade que o 308 foi voluntariamente colocado sob o signo da eficácia ambiental.

Para tal, os estilistas e os engenheiros da Marca mobilizaram o conjunto das ferramentas e tecnologias disponíveis, de modo a ter em conta, da melhor forma possível, a preservação do ambiente.

A conjugação de um conjunto de tecnologias – aerodinâmica particularmente eficaz, motorizações a gasolina desenvolvidas em parceria com o grupo BMW, motorizações diesel HDi, duas das quais apresentarão um nível de emissões de 120 gramas de CO2 por quilómetro em ciclo misto, filtro de partículas, pneus Michelin Energy Saver – permite ao 308 apresentar ganhos substanciais em consumo que podem atingir 10% por comparação com o seu predecessor, o 307.

Sem comentários: