terça-feira, 11 de setembro de 2007

4º Concurso de Design Peugeot

Um fluxo de prazer!

Automóvel capaz de proporcionar um prazer múltiplo adaptando-se a diferentes cenas da vida, o Flux, projecto desenhado por Mihai Panaitescu, venceu a 4ª edição do concurso de design Peugeot. O tema desta quarta edição, sintetizado na expressão P.L.E.A.S.E.Innovate!, estimulou a criatividade de internautas designers de todo o mundo, dando origem à apresentação de mais de 4.000 projectos.

Em perfeita adequação com as aspirações actuais em matéria do automóvel, este tema encontrou no Flux uma ilustração muito pertinente, já que esta proposta corresponde, de facto, a um tipo de veículo que proporciona um Prazer de condução puro, pela sua Ligeireza e Eficácia, sendo Acessível pela sua Simplicidade e Ecológico pelo seu conceito.

O Flux foi eleito por um júri presidido por Frédéric Saint-Geours, Director Geral
de Automobiles Peugeot, e composto por representantes da Marca, do seu centro de estilo, da Xbox e, ainda, por internautas que votaram on-line.

Revelado durante o último Salão de Genève através de desenhos de estilo, o Flux surge agora no Salão de Frankfurt sob duas formas – maqueta à escala 1/1, apresentada no espaço de exposição da Peugeot, e virtual, numa nova versão do jogo PGR 4 da Xbox 360 – que constituem dois aspectos fundamentais do prémio do 4º concurso de design Peugeot.

O concurso de design registou um acréscimo de participação nesta sua 4ª edição, tendo sido recebidos cerca de 200 projectos mais que na edição anterior (4.029 contra 3.800), e confirmou o seu carácter internacional, com 113 países representados, contra 107 na 3ª edição.


Um acontecimento 100% Internet
O facto de o concurso se desenrolar integralmente na Internet contribuiu largamente para o seu sucesso. Elemento central da iniciativa, o site www.peugeot-concours-design.com registou frequências particularmente elevadas: mais de 650.000 visitantes percorreram mais de 3700.000 páginas desde Julho de 2006. O site funcionou também como elemento federador de uma comunidade de internautas interessada no concurso, a qual integra actualmente cerca de 35.000 membros de 100 países.

segunda-feira, 3 de setembro de 2007

Peugeot 308: Naturalmente seguro

A nova berlina Peugeot 308, que será lançada em Portugal no próximo mês, reivindica argumentos muito sólidos ao nível da segurança, para além de uma qualidade de alto nível, um habitáculo distinto e motorizações de elevado rendimento e
respeitadoras do ambiente.

O EuroNCAP acaba de fazer a sua avaliação sobre o 308 e atribuiu-lhe 5 estrelas nos testes de protecção de adultos, 4 estrelas nos testes de protecção de crianças e 3 estrelas nos testes de protecção de peões.

Estes resultados concretizam a eficácia de uma estrutura concebida para resistir, absorver e dissipar o melhor possível a energia resultante de colisões frontais e laterais, assim como dos dispositivos de protecção(airbags, cintos, assentos...) que retêm e protegem ao máximo os ocupantes.

A Peugeot colocou no 308 todos os ingredientes para dotar este novo modelo de um elevado nível de segurança. Para atingir estes resultados, o 308 integra particularmente uma tripla via de repartição de esforços à frente. Uma via baixa vem assim desdobrar a clássica via alta (princípio proveniente da tecnologia do 407), ao passo que uma terceira via, situada por cima das cavas das rodas à frente, vai permitir uma repartição ideal dos esforços. Assim, em caso de colisão frontal, a energia é dissipada em 3/5 pela via principal, em 1/5 pela via baixa e em 1/5 pela
terceira via.

Para proteger o melhor possível os ocupantes no caso de uma colisão lateral, o pilar central foi concebido com uma técnica chamada “multicamada”.

O pilar central é na realidade constituído por três espessuras de chapa, duas das quais são do tipo “limite elástico muito elevado”. As portas são, também elas, munidas de reforços laterais em alumínio e esticadores.

Por fim, ao nível da soleira da mala, foi integrada uma viga em liga de alumínio para absorver as colisões e diminuir as consequências sobre a carroçaria.

Em complemento do desempenho da estrutura, numerosos dispositivos permitem reter e proteger os corpos:

- até 9 airbags - airbags frontais, laterais à frente para o tórax e a bacia,airbag da coluna de direcção para os membros inferiores do condutor,airbags de cortina para a cabeça dos passageiros à frente e atrás, airbags laterais atrás;

- apoios de cabeça à frente em forma de “carteira” que optimizam o contacto com a cabeça em caso de colisão e cuja concepção, associada à dos bancos, permite limitar as consequências de uma colisão traseira (“chicotada”);

- um sistema anti-afundamento traseiro, que permite reter o banco e mantê-lo fixo ao piso.

- cintos de segurança com controlo do fecho e abertura.

Para instalar cadeiras de criança, o 308 é concebido com três lugares Isofix (com 3 pontos de fixação): um no lugar do passageiro à frente e dois nos lugares laterais atrás.

Esta segurança “passiva” (ou secundária) complementa uma segurança primária exemplar. Com efeito, a rigidez da carroçaria, as ligações ao solo e as ajudas electrónicas do 308 conferem-lhe um comportamento em estrada de referência na sua categoria. O 308 pode igualmente dispor de equipamentos tecnológicos (sistema de Alerta de Transposição Involuntária de Linha (AFIL), faróis bi-xénon direccionais) bem como ajudas de condução que acrescentam o potencial de controlo do veículo.

Apresentação mundial do 308

Com uma superfície de 2.870 m2, o stand da Peugeot recebe os visitantes do 62º Salão Internacional Automóvel de Frankfurt num ambiente relaxante, feito de materiais naturais e nobres, de frescura aquática e de vegetação abundante. Acompanhando 27 veículos representativos da gama comercial da Peugeot, nada menos de cinco concept cars e demonstradores, dos quais três declinados directamente sobre a base do 308, evidenciam a criatividade das equipas do centro de estilo Peugeot e da área de «Pesquisa e Inovação».

A participação da Peugeot nesta grande festa alemã do automóvel é reforçada pela apresentação, como novidade mundial, do 308, do qual estão presentes seis exemplares de série, nas silhuetas de três e de cinco portas, acompanhados por três concept cars.

A comercialização próxima do 308 constitui, para a Peugeot, o sétimo acontecimento produto marcante do ano 2007 e confirma o rejuvenescimento importante de uma oferta comercial cuja idade média, actualmente de 4 anos, baixará, até 2008, para 3 anos.

Peugeot 308: a verdadeira natureza do prazer

Primeiro modelo da geração 8 da Peugeot, o 308 tem como ambição encarnar o melhor da berlina. Deste modo, o 308, capitalizando sobre a arquitectura do 307, vai ainda mais longe e melhora de forma significativa cada uma das qualidades reconhecidas ao seu predecessor, do qual se venderam mais de três milhões de unidades. A habitabilidade, a visibilidade, a luminosidade e as características dinâmicas são trunfos capazes de reforçar a capacidade de
atracção desta nova berlina.

O 308 apresenta um estilo generoso que sugere imediatamente qualidade, robustez, valor seguro… Esta impressão positiva é confirmada pelo conjunto 2/12 dos meios implementados na concepção e na fabricação, e pelos rigorosos planos de acção desenvolvidos para atingir esta ambição qualitativa.
De facto, o 308 dispõe de uma qualidade de acabamento digna de segmentos superiores
e irá tornar-se numa referência em termos de qualidade percebida e de qualidade de utilização.
O 308 é também revelador do envolvimento da Peugeot a favor da redução das emissões de gases com efeito de estufa. Foi, pois, com toda a naturalidade que o 308 foi voluntariamente colocado sob o signo da eficácia ambiental.

Para tal, os estilistas e os engenheiros da Marca mobilizaram o conjunto das ferramentas e tecnologias disponíveis, de modo a ter em conta, da melhor forma possível, a preservação do ambiente.

A conjugação de um conjunto de tecnologias – aerodinâmica particularmente eficaz, motorizações a gasolina desenvolvidas em parceria com o grupo BMW, motorizações diesel HDi, duas das quais apresentarão um nível de emissões de 120 gramas de CO2 por quilómetro em ciclo misto, filtro de partículas, pneus Michelin Energy Saver – permite ao 308 apresentar ganhos substanciais em consumo que podem atingir 10% por comparação com o seu predecessor, o 307.

Concept Car 308 RC Z

Dentro de algumas semanas, o Peugeot 308 vai iniciar a sua comercialização na Europa.

Nova berlina compacta no seio do segmento das viaturas médias, o Peugeot 308 apresenta argumentos capazes de seduzir uma clientela cada vez mais alargada, graças ao seu conceito de arquitectura semi-elevada, garantia de habitabilidade, visibilidade e luminosidade, mas também devido ao seu exemplar comportamento em estrada, à sua gama de motores performantes, à sua segurança de elevado nível e, ainda, ao cuidado com que foram tratados todos os aspectos que contribuem para o prazer da vida a bordo. Finalmente, o seu estilo pleno de raça, felino e aerodinâmico, confere-lhe uma identidade forte, imediatamente reconhecível.

As carroçarias de 3 e 5 portas do 308 constituem apenas uma parte do programa «T7». Sendo certo que algumas silhuetas estão já previstas e determinadas, outras há que exprimem apenas a imaginação desenfreada dos estilistas e dos engenheiros com uma paixão comum pelo automóvel.

Algumas vezes, os espíritos profícuos destes especialistas aliam-se para dar corpo às suas ideias mais loucas e, quando tal acontece, os seus sonhos materializam-se para criar uma escultura automóvel na fronteira entre o sonho e a realidade. É este o caso do concept car baptizado de 308 RC Z, que terá a sua apresentação mundial no Salão Automóvel de Frankfurt.

Peugeot associa-se ao programa Novas Oportunidades

No âmbito do programa governamental “Novas Oportunidades”, a Peugeot vai criar as condições para que aproximadamente 600 colaboradores do universo da sua Rede no nosso País possam melhorar as suas habilitações. Jacques-Christophe Midey, Administrador-Delegado da Peugeot Portugal, formalizou ontem a adesão a esta iniciativa através da assinatura de um protocolo com o CEPRA – Centro de Formação Profissional da Reparação Automóvel.

Através deste protocolo, as cerca de 600 pessoas inscritas poderão obter gratuitamente, na sua zona de residência, a escolaridade do 6º, 9º e 12º anos. Para a Peugeot, este impulso para a qualificação escolar e profissional dos seus trabalhadores, bem como da sua Rede de Concessionários, Reparadores Autorizados e Distribuidores de Peças, é mais um passo na
sua política de responsabilidade social e desenvolvimento humano nas comunidades onde a Marca está presente.

Posicionada no top 3 no ranking das Marcas automóveis mais vendidas em Portugal, a Peugeot faz uma aposta contínua na formação das suas equipas e nas dos seus parceiros de negócio, como provam as 71.000 horas de formação ministradas em 2006 e 2007.

No âmbito do acordo estabelecido com o CEPRA, a Peugeot cederá um 407 para as equipas do CEPRA que iniciarão de imediato as deslocações pelo País, com vista à constituição das turmas escolares.