sexta-feira, 29 de junho de 2007

Audi Q3: E agora o SUV coupé

Um palmo mais comprido do que um A3, o estudo Cross Coupé Quattro revelado pela Audi no Salão de Shangai confirma a intenção da marca alemã de ampliar a “família” Q. Fica por saber se ao Q7 se seguirá o Q3, com base no estudo agora revelado e que poderá surgir nos mercados em 2009, ou se, ainda antes, conforme alguns rumores, chegará o Q5, que recebe a plataforma do novo A5 que lhe mostramos nesta edição.
Mas se o Cross Coupé não responde a esta dúvida, ele esclarece muita coisa a respeito das intenções da Audi para a sua gama de SUV’s. Desde logo que, enquanto o Q7 e o Q5 terão uma vocação mais familiar, o Q3 promete inserir-se na futura geração A3 e assumir uma vocação mais jovem e dinâmica. E basta olhar para as principais opções estilísticas para percebermos essa postura mais desportiva: grelha volumosa como os restantes Audi, faróis mais estilizados (com tecnologia Led) e, sobretudo, um pilar traseiro bastante inclinado.

Partilhada com o “primo” VW Tiguan, a plataforma do Q3 tem uma distância entre eixos de 2,6 metros, para um comprimento total do carro da ordem dos 4,4 metros e uma largura de 1,82 metros, para possibilitar um habitáculo espaçoso. Além de novas funcionalidades para o sistema MMI, como a possibilidade de recebermos e-mails, refira-se, ainda, a particularidade de 4600 micro-orifícios no tablier substituírem as tradicionais saidas do ar condicionado, assegurando uma perfeita distribuição da temperatura escolhida.

Já do lado da mecânica, o Cross Coupé volta a recorrer à transmissão integral permanente Quattro, com distribuição variável do binário entre os eixos, bem como à caixa automática DSG. A novidade é a presença de um novo motor turbodiesel de 2.0 litros mas com tecnologia “common-rail” (e não injector-bomba), que anuncia nada menos do que 204 CV e 400 Nm de binário, valores que o colocam entre o melhor que se anuncia. Por outro lado, além de um novo filtro de partículas este novo motor recorre à tecnologia Bluetec, apresentando valores de emissões poluentes que respeitam já as normas que só entrarão em vigor após 2012.


in Turbo

Sem comentários: