terça-feira, 16 de janeiro de 2007

Novo Mini

O Mini traz-nos emoções da juventude. Gente “de uma certa idade” adora-o por isso.

O que é genial é eterno. Só isso explica que o proprietário de um Mini nem pestaneje quando lhe fazem aquela pergunta que deixaria o dono de qualquer outro automóvel à beira de um ataque de nervos: “o teu Mini é dos novos?”. É um Mini. Chega.

Percebemos, então, melhor por que é que a nova geração do Mini mudou tão pouco: os farolins traseiros são maiores, os arcos das rodas reforçam a aparência desportiva e na frente, além do novo desenho da grelha e da colocação dos piscas junto às ópticas principais, destaca-se a maior altura e largura do capot para poder albergar os novos motores. O novo Mini é seis centímetros mais comprido mas como é mais largo ninguém dá por isso.

Sem comentários: